segunda-feira, 4 de agosto de 2014

A gosto.

Minha boca desenha teu corpo,
meus dedos brincam nos teus riscos tribais.

Meu corpo dança a música da alma,
meus olhos brilham na luz do teu olhar.

Noite de magia, de tesão e certezas.

Certeza de que nada é tão vago,
de que nada é eterno, de que nada é fugaz.

Desejos em gotas, em passes, em tragos.
Desejos expostos, entregues, em toque...

Desejo de quero mais.

Lumar(04/08/14)

Nenhum comentário: