quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Café da manhã.

Hoje acordei com fome
de te comer,
saborear,
deglutir,
devorar
para não saciar minha gula
e continuar a te comer no jantar.

Hoje acordei com sede
de te beber,
sorver,
chupar,
lamber,
te secar toda
e te inundar.

Hoje pela manhã foi muito boa a tua manha,
nem precisou arranhar o jarro.

Marquinho Mota

Um comentário:

Lucia Helena disse...

Que fome e que sede!!!!
Haja energia.
Bjs no coração.