segunda-feira, 19 de abril de 2010

Helena de Tróia

Infinitos dias,
inúmeras horas.
Sons que se propagam no trovão.
Luz que ilumina
e não apaga.
Seu sorriso estampado no tempo.
O brilho do olhar
que se expande no pensamento.
Palavras que nunca foram ditas,
recados deixados no coração.
Faz muito que não lhe vejo,
mas ficou em mim
a essência de si.
Helena guerreira....
Helena rainha!
A mão estendida,
espalmada de amor e compreensão.
Mestra da vida,
educadora e senhora.
Presente dos deuses,
em mim presente.
Lumar(16/04/10)

Um comentário:

Joelson disse...

Oi Lú, vc como sempre surpreendente.
Parabéns Helena mulher, guerreira, simplesmente, Helena de Tróia.
Bjs da Morena