terça-feira, 16 de setembro de 2008

Terrenos


Quanto tempo faz que estamos andando?
Quantos mais terrenos para andar?
Percorrer caminhos tortuosos,
Caminhos que não levam aos céus....

Quero caminhar nos teus vales,
Beber na tua fonte,
Dormir no teu colo.

Cola em mim, mas me deixa caminhar, viver amar...
Te amar.


Marquinho.

Um comentário:

Cleide disse...

Muito boa, ate parece com uma historia que nós já conehcemos. Marquinho...pensei melhor, se quiser posso te ceder algumas das 300.....poesias do meu acervo, para vcs postarem no blog. Beijos...Cleide