quarta-feira, 12 de novembro de 2008

RAP-IN-NHO

Tem muita gente neste mundo
que não sabe o que quer,
tem mulher que quer ser homem
e homem que quer ser mulher,
tem quem prefira ouvir Calypso
do que um bom disco de Tom Zé


Tem preto que vira branco
tem cobra que quer ter pé
Ateu que crê em deus
cristão que não tem fé
bezerro que não gosta de leite
Paulista que não bebe café.

Tem muita gente gente neste mundo
que não sabe o que quer
Tem gente que é vascaino,
flamenguita e paulistano
mas que na verade
gostaria de ser corinthiano....


Tem gente que fala de amor,
que vive de amor
que acredita no amor...
mas é gente que eu não boto fé,
porque tem muita gente neste mundo
que não sabe o que quer.

Não boto fé na miséria
não quero sumir na maré
acredito em cada um
Jorge, Nívia, Marilena,
Mônica, Guadalupe e André
Tirando estes viventes,
acreditem minha gente,
Tem muita gente neste mundo
que não sabe o que quer

Tem gente que vive de poesia,
tem gente que vive pensando em dinheiro
fazendo a alegria dos porcos capitalistas,
mas podes crer meu irmão
que da minha ideologia eu não arredo pé ,
por que tem muita gente neste mundo
que não sabe o que quer.

Mas acima de tudo minha gente
é preciso amar ou não é?
É preciso viver feliz,
falar "isso foi eu quem fiz",

viver como Jorge e Ruth
até hoje marido e mulher
pois acredite tio Raimundo
Tem muita gente neste mundo
Que não sabe o que quer.

Jorginho e Marquinho Mota

2 comentários:

Lucia Helena disse...

Muito massa...
Essa tem essência e melodia.
E uma bela homenagem ao amor.
Lú Lisboa

Kelly disse...

Eita!!!
está cada dia melhor esse blog!!
Essa merece um prêmio (:D)
bjs