quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Calor, muito calor........

Sinto um calor miserável percorrer meu corpo,
não tem água e nem vento no ar,
falta coragem para andar
e minhas pernas não obedecem mais.
Isso não é vida pra ninguém,
isso é um desassossego na alma de qualquer um...

Minha carne doi,meu cérebro está derretendo,
as pernas já não obedecem mais.
Sinto vontade de fugir,
mas não tenho forças para isso.
Isso não é vida pra ninguém,
isso é um desassossego na alma de qualquer um...

Não acredito que ainda respiro,
o ar quente corroi minhas narinas
e o que sai da minha boca é pó.
Égua do calor da porra.
Isso não é vida pra ninguém,
isso é um desassossego na alma de qualquer um.

Marquinho Mota

Um comentário:

Lucia Helena disse...

Égua xiri, tem termo.
Para passar o calor:breja gelada
Mas pra desassossego da alma, sei não.
Você arrasou, muito boa!!!