segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Contraponto/noitedia

A noite me carrega pra lugares
e instantes longe de ti,
me preenche da tua ausência,
me encharca de pensamentos obscuros,
me embriaga com o perfume doce da tua saudade.

A noite... estranha companheira,
amante da ilusão.

O dia vem com a sua força
e leva a noite de ontem .
Abre caminhos para os teus pés
caminharem até o palácio da sabedoria.

Nos envolve com o manto da brisa matutina,
nos da consolo,
nos faz dormir e descansar,
nos dá a certeza
que a noite já está vindo
nos pegar para sair.

Lumar e Marquinho Mota(29/11/09)

Um comentário:

Luciana disse...

vou comentar na q mais gostei!
vcs estao de parabens pelo blog!
bjus